Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Por Universos Nunca Dantes Navegados

por Jorge Candeias, em 25.07.16

Por Universos Nunca Dantes Navegados

Título: Por Universos Nunca Dantes Navegados

Organizadores: Luís Filipe Silva e Jorge Candeias

Editor: independente

Nº. páginas: 262

Ano: 2007

 

Sinopse:

Por universos nunca dantes navegados é uma antologia de contos e novelas de literatura fantástica da mão de autores portugueses e brasileiros.

A organização e seleção é de Jorge Candeias e Luís Filipe Silva, e a edição final de Luís Filipe Silva.

São narrativas originais que responderam a um apelo dos organizadores da antologia, durante o Verão de 2005, no qual se anunciava a abertura de um novo espaço de publicação para todos os autores de língua portuguesa que manifestassem interesse pelo género.

O projeto teve, desde o início, como objetivos responder a um conjunto de lacunas consideradas primordiais pela comunidade de entusiastas do género, sempre que se tentava publicar ficção científica e fantasia em português:

  • aceitar obras provenientes de qualquer parte do mundo, desde que escritas na língua portuguesa;
  • aceitar toda a multiplicidade de temas atualmente abarcadas pelo que se designa de literatura fantástica, desde a ficção científica de especulação séria à fantasia urbana, do terror gótico ao gore, da história de passados alternativos à história do futuro porvir;
  • aceitar contos de extensão superior às 8000 palavras, criando assim condições para obras de maior dimensão e complexidade que as normalmente utilizadas por outras iniciativas semelhantes, ou nas revistas da especialidade.

Do volume de narrativas submetidas, que ultrapassou largamente a meia centena, entre colaborações portuguesas e brasileiras, foram selecionadas catorze, que compõem a presente edição.

 

Notas:

Este livro inclui o conto O Deus das Gaivotas, de António Candeias e Jorge Candeias, uma história fantástica metaliterária cuja narrativa se divide entre uma praia e o local de trabalho do escritor da própria história, e a noveleta Littleton, de Jorge Candeias, uma história de ficção científica ambientada num planeta distante, num empreendimento turístico que simula o ambiente do Velho Oeste americano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:26


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D